Good girls go to heaven, bad girls go everywhere!!

Verão!

O calor já começa a fazer-se notar. Segundo os rapazes, a melhor altura do ano está a chegar e as raparigas já andam com menos roupa : D. As saudades daquilo que foi o último Verão começa a despertar a ansiedade do que vai ser o próximo.
Saudades das noites a beira-mar com os amigos, saudades das caipirinhas, saudades do mar e de passar horas a olha-lo, saudades de apanhar sol e de ter aquela ideia "já estou com mais bronze".
Saudades de tanta coisa e de tão pouco, já que esperamos que de ano para ano possamos sempre fazer mais e o tempo cada vez é menos.

"(...) Posso-te garantir que o Verão solitário me deixou mais mulher, mais leve e mais bronzeada, e que depois depois de sofrer muito querendo uma pessoa perfeita e uma vida de cinema, eu só quero ser feliz de um jeito simples. Hoje o céu ficou bem nublado, mas depois abriu o maior sol."

Mas quem não pensou já como seria ter um amor de Verão, aquele que vê connosco o pôr do sol à beira-mar. Aquele que com quem podemos rebolar na areia sem que ninguém nos peça satisfações. Aquele que vive a melhor altura do ano, e as aventuras nela presentes, connosco. Quem não sonhou já com isto?? Ter a nosso lado (aquele/a) que nos beija ao pôr do sol e dorme connosco na praia naquelas noites quentes.
Encontrei um poema que basicamente resume tudo aquilo que esperamos de um amor de Verão, um poema bastante sensual mas sem tabus:

Onda que vai e vem...
Leve roçar na areia quente
Toque de amor num corpo carente.
Mar que atrai e convida...
Corpo que procura...
Amor que se torna uma loucura
Calor de um sol de Verão...
Respirar ardente...
Após um longo beijo quente
Mãos que descontrolam...
Corpos despidos sem pudor nem querer
Gemidos que denunciam prazer
Mistura de sabor...
Momentos de paixão
Fugaz quente e marcante
Apenas amor de Verão!

Ana Alves

Quem nunca sonhou com isto?! Eu já!


Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores