Good girls go to heaven, bad girls go everywhere!!

Eu transformava-te numa coisa só minha. Onde só eu é que te podia tocar. Seríamos nós e o ar que nos falta. Não sobrariam sombras. Fazíamos tudo de cor e tudo no preto no branco numa resolução de saídas. Só me fartava do que não existia por não termos. Até as vozes se tornavam silenciosas só para te ver sorrir. Sabes, um dia irei dormir ao teu lado, ouvir a tua respiração, ouvir os teus batimentos cardíacos enquanto bebo uma caneca de chá. Irei deitar-me nas tuas costas e brincar com o teu cabelo. Irei apertar a tua mão e escrever o quanto és lindo vezes e vezes sem conta. Um dia, irei cantar uma música qualquer daquelas lentas ao teu ouvido como se fosses um bebé que tento mimar. Um dia, irei soletrar o teu nome com apenas três letras: Meu! Em dias tornaste-te aquele que me faz sorrir e corar até à raiz dos cabelos só por te ver. E agora?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores