Good girls go to heaven, bad girls go everywhere!!
Não serão simples palavras ditas num pequeno ou grande texto que irão mudar o que quer que seja pela forma que tudo é dito, apenas descrevem o que talvez os próprios olhos à vista de qualquer outra pessoa não o consigam exprimir de uma forma mais correcta. Em toda a vida aprendemos com os erros cometidos e acabamos sempre por crescer emendando-os e tentando recuperar todo o tempo perdido. Tentamos viver da melhor maneira sem magoar o próximo, até que quando algo que sentimos se torna mais forte e acaba por acontecer o que menos esperávamos. Talvez por não escolhermos quem nos faz feliz por já o fazerem, talvez por não escolhermos quem esteja sempre presente em todos os momentos por já o estarem. Apenas acontece sem escolhermos quem quer que seja mesmo que hajam motivos suficientes para que não o queiramos. Acabamos por pensar que é algo que mais tarde ou mais cedo desaparecerá e quando damos conta já é tarde para voltarmos atrás pois torna-se algo que persiste em existir, algo que por mais que o tentemos esconder, acaba sempre por falar mais alto por mais que a amizade seja o importante. E a partir do momento que já não dá mais para guardar para nós o que sentimos e pensamos que nunca deveria existir, há sempre a amizade que por mais que digamos que nunca irá desaparecer ou se distanciar pelos supostos "imprevistos" acontece sempre o contrário. Aí dá a vontade de desistir, de nos rendermos e admitirmos que perdemos aquilo que para nós era importante. Mas só os fracos desistem, só quem não dá valor ao que tem ou pode vir a ter é que se rende pois se é algo que existe e mesmo sem sabermos se valerá a pena, apareceu por algum motivo, talvez uma oportunidade de mudarmos e começarmos mais uma das muitas etapas que a vida nos reserva pois este é só um dos obstáculos que iremos ultrapassar para conseguirmos o pretendido por mais que nos possamos magoar com isso ou até mesmo magoar alguém. Talvez sejam todos os momentos que passamos que tenham marcado: todos os gestos, todos os sorrisos, todas as memórias que me fazem sorrir nos piores momentos. Talvez seja tudo o que me marca que me dê forças para nunca desistir de nada, para nunca desistir da minha felicidade. Pois mesmo que um dia nos venhamos a arrepender do que fizemos, a vida é assim mesmo, com bons e maus momentos, com impossíveis que tornamos possíveis sem nunca baixarmos a cabeça ao que quer que seja. Se a vida nos dá uma oportunidade, não a devemos deixar fugir (...)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores