Good girls go to heaven, bad girls go everywhere!!

Todos os dias me surpreendes mais um pouco. E enquanto lá fora todos se preocupam em mimar namorados/as, em preparar o melhor dos jantares, a correr para floristas e lojas do género, eu estou aqui, a dizer-te isto, porque além de seres a minha melhor amiga és o maior dos meus amores.

És a única pessoa a quem eu conto cada detalhe do meu pequeno mundo, é no teu colo que me deito quando algum homem me tira a esperança no futuro, é contigo que eu fujo para fumar cigarros, é na tua casa que me ponho bonita para todas as festas, é contigo que danço durante horas enquanto envergonhadamente rejeitamos qualquer homem mais atrevido, és tu que me dás a mão quando me encontro perdida de bêbeda (momentos em que a maior parte das vezes tu também estás), é a ti que ligo para comentar trivialidades, é ao teu lado que não tenho medo de chorar e de ser “pussy” e essas coisas todas que tão bem me caracterizam.

É contigo e com os teus óculos de sol que ouvimos durante horas música aos gritos de tal forma que toda a gente acha que somos as puras azeiteiras, és tu que me ajudas a arrumar o quarto quando é impossível mover-me dentro dele, és tu que me ajudas a andar de cabeça erguida, és tu que me ajudas a conquistar quem quero e me dizes que não faz mal perder, o que interessa é nunca desistir.

É contigo que vivo e sonho, és tu que me levas a bailados e partilhas comigo concertos, és tu que serás a pior e a melhor tia do mundo para os meus filhos, és tu e serás tu a ralhar comigo por não conseguir fazer a cambalhota e ter medo de saltar da prancha, és tu que percebes quando é para mentir e quando é para contar a verdade sem ter sequer que te dar o toque mágico, é contigo que ganho novos ódios e novas paixões.

Somos nós que nos deitamos no chão das nossas casas a rirmo-nos que nem perdidas, é contigo, és tu que me acompanhas sempre, e são imensas as histórias que o mundo não sabe e nós guardamos, porque contigo conheci o significado de cumplicidade, de aliança e de complementaridade, e seja nesta ou noutra vida, não haverá ninguém que possa dizer que foi tão feliz e infeliz e sobreviveu de forma tão sublime como nós duas juntas.

(e se isto não é amor, o que será? )

Jow & Mimi

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores