Good girls go to heaven, bad girls go everywhere!!

Fim

Estamos apenas no segundo mês deste ano e eu já desejo que este ano acabe. Nos primeiros dias do ano li que este ano seria um mau ano para pessoas do signo carneiro. Por norma não costumo acreditar muito nessas coisas dos signos, mas desta vez posso acreditar, pelo simples facto destes dois meses terem sido dos piores meses que já passei. Desde disciplinas que mais parecem ser impossíveis de fazer, a amores que de impossíveis passam a intensos e que de um dia para o outro passam de novo a impossíveis, sem eu ter uma resposta à pergunta "porquê?". Relativamente a esta segunda parte "amores" nem quero pensar mais nisso. Chorei durante dias, chorei por me sentir enganada. Por saber que me enganaste mas não saber se foi nas tuas palavras se foi nos teus gestos. Tudo isto me deixa confusa. Tu deixaste-me confusa. És impossível de compreender, já o referi num qualquer post anterior. Relativamente a ti só tenho mais uma coisa a dizer, sei que vais voltar e tenho medo disso!
O meu primeiro problema "disciplinas que mais me parecem impossíveis de se fazerem", eu até podia dizer, "ah agora no segundo semestre aplico-me mais ainda e tudo vai correr bem", mas quem acreditaria nisso? Quem acreditaria que realmente num semestre em que começam a haver mais festas, em que começa a dar para ir para a praia, em que há a semana académica e a Ovibeja, tudo vai correr melhor? Nem eu mesma acredito nisso. Segundo semestre, um semestre perigoso onde tudo nos faz fugir às aulas e ao estudo.
Todos os dias me deparo com uma dúvida: "porque as pessoas dão mais valor e importância aos nossos defeitos que às nossas virtudes, em vez de olharem para nós como um todo, um ser como todos os outros, perfeito em toda a sua imperfeição?!"
Tenho pena que algumas pessoas sejam tão cínicas que chegam a conseguir enganar-se a elas mesmas, chorar por coisas que não sentem, mostrarem um sorriso a quem o que mais querem fazer é bater?!
Sabem eu sou tola, por algumas vez ter acreditado que a vida é perfeita, por sorrir perto dos meus amigos quando às vezes só me apetece chorar, por acreditar que alguém que me fez mal está arrependido e que tudo vai mudar, mas sinto-me bem por ser assim, ninguém me pode apontar o dedo, ninguém me pode chamar cínica.
É isso mesmo.
Eu choro, rio, grito, calo, amo, odeio, sofro e sou feliz, mas é por estas coisas todas que EU VIVO!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores