Good girls go to heaven, bad girls go everywhere!!
eu tranformava-te numa coisa só minha. onde só eu é que te podia tocar e falar. seriamos nós e o ar que nos falta. não sobrariam sombras. faziamos tudo de cor e tudo no preto no branco numa resolução de saidas. só me fartava do que não existia por não termos. até as vozes se tornavam silenciosas só para te ver sorrir.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores